27 de fev de 2019

Por trás da letra: Love It If We Made It | The 1975

| |
Hey gente, tudo bem com vocês?

Vocês já ouviram uma música várias vezes e depois de um tempo percebeu que não escutava o que realmente queria dizer? Você sabe todas as letras e pode até imitar os instrumentos músicas, só que de repente, descobre sobre o que a música realmente fala e então ela muda totalmente?

Eu vivo fazendo isso, ouvir música pra mim é um processo de fases. Primeiro eu ouço e aprendo o ritmo e as paradas, depois aprendo a letra e depois de um longo tempo é que acho os significados profundos se tiver. Ás vezes, nunca descubro.

Por isso, decidi falar sobre uma música hoje eu sempre cantava, só que não pegava as referências e agora que soube, decidi compartilhar, vamos ver?

A música escolhida é a Love It If We Made It da  banda The 1975, que é inglesa e foi formada em 2002.  Love It If We Made It faz parte do álbum A Brief Inquiry into Online Relationships lançado em 2018, essa música, tem um ritmo de 90 compassos por minuto e mescla sophisti-pop, discoteca e coral.

A música crítica questões como racismo, a violência policial (em grande parte dos casos, direcionados a comunidade negra), a questões dos refugiados da Síria e fala sobre a morte do Lil Pep e é uma crítica ao Donald Trump.

Então, vamos a letra:


Vendendo melanina e depois sufocando os negros/ Comece com contravenções e faremos delas um negócio

A parte onde se diz ‘vendendo melanina’ refere-se ao período escravocrata onde pessoas negras eram vendidas, isso naquela época era um negócio. A segunda parte do trecho é sobre o sistema carcerário  onde  sua grande maioria é de pessoas negras. O sistema prisional americano é conhecido por sempre visar o lado financeiro. Aqui tem alguns dados sobre o sistema carcerário. 

Não podemos esquecer da parte ‘depois sufocando os negros’ que é uma referência a Eric Garner, homem negro de 43 anos, que foi morto estrangulado por um policial que o prendia. (Infelizmente, aconteceu um caso semelhante recentemente aqui no Brasil)

E nós podemos descobrir a informação/ Acessar todos os aplicativos/ Que estão mantendo posições baseadas em mal- entendidos

Aqui temos uma crítica às fake news. Com toda tecnologia e acesso fácil a informações, muita gente continua acreditando em noticias falsas da internet e muita gente se beneficia nessa ignorância.




A modernidade falhou conosco

Antigamente, diziam que no ano X teriam carros voadores e curas, e o cenário que vemos hoje é totalmente diferente. A vida moderna não é nada do que esperávamos, e ela falhou conosco.

E me envenene, pai/ Eu mantenho o “Jones” dentro de meus ossos

Aqui temos a ligação ao Massacre de Jonestown.

James Warren "Jim" Jones fundou o Culto dos Tempos dos Povos, esse culto queria passar a mensagem mesclando o cristianismo com socialismo com ênfase na igualdade racial. Esse culto ficou bem popular e chegou a ter 20 mil membros com sedes em diversos estados.

A questão é que nesse culto, numa comunidade na Guiana, houve um suicídio em massa(é conhecido como suicido, embora muita gente acredita se tratar de um assassinato em massa), por ingestão de cianeto. Foram 909 mortes e Jones também morreu, mas não envenenado.

As pessoas acreditam em Jones e o seguiria aonde ele fosse sem questionar. A crítica aqui é: você segue cegamente a religião a ponto de não ver ela te envenenando?

O cantor ressalta que a fé e religião são importantes para quem acredita, e que inveja o fato delas terem fé.

Uma praia onde crianças de 3 anos se afogam

Você deve ter entendido essa referência de primeira, ela é sobre o Alan Kurdi, que em 2015 morreu afogado após o barco em que ele e a família estavam naufragar. Alan era sírio e sua família estava tentando fugir da guerra quando houve a tragédia, tanto sua mãe quanto seu irmão morreram também.

A foto do seu corpo numa praia repercutiu no mundo todo e abriu a crítica sobre a crise humanitária.



Descanse em paz, Lil Peep

Gustav Elijah Åh, mais conhecido como Lil Peep, foi um cantor que ficou conhecido pelo Soundcloud e Youtube. Ele morreu de overdose acidental de fentanil e xanax em 2017.

A morte de Lil Peep abriu a discussão sobre o uso indiscriminado de medicamentos de fácil acesso.  Leia mais aqui 



Se ajoelhando em um argumento

Colin Kaepernick é um jogador de futebol americano que fez protestos antes de cada jogo. No momento de cantar o hino, ele ficava sentando ou ajoelhado no campo. Seu protesto era contra a desigualdade e brutalidade racial. Ele recebeu muito apoio e críticas. Em 2017, ele acabou não encontrando um time para jogar, e acreditaram que foi um boicote a sua postura.

Na música, se trata sobre os protestos pacíficos dele e sobre suas crenças nos seus ideais.


Eu investi nela como uma vadia

Essa frase foi dita por Donald Trump enquanto ele se vangloriava de ter assediado mulheres.


Obrigado, Kanye, muito legal!

“Thank you, Kenye, very cool” foi o que Donald Trump disse a Kanye West pelo Twitter.  Na mensagem, Kanye chamava Trump de irmão e dizia que ambos tinham a energia de dragão. O contexto era que o Kanye dizia que podiam odiar o presidente, mas isso não mudaria o fato que ele (Kanye) gostava do presidente.
Na época, isso gerou polêmica e críticas a Kanye.

E eu adoraria se conseguíssemos

É o refrão da música e nos passa aquela mensagem de: podemos ser gentis, podemos ter empatia, podemos ser mais. Isso que mudará o que tem de errado no mundo, o amor. Precisamos começar a dar o que queremos receber e fazer pelos outros, o que queremos para nós.

O clipe também é cheio de simbolismos, como cenas dos fatos acima, prédios em chamas, crítica ao porte de arma, capitalismo e várias outras coisas.

Eu adorei essa sacada da banda de criticar e de certa forma fazer as pessoas olharem para alguns assuntos que algumas pessoas não querem se interessar ou não acham necessários.

E você, já conhecia a música?
Beijos


15 comentários:

  1. Não conhecia a banda e a música, mas achei bem sacada essa letra. Mais músicos poderiam fazer isso também por aqui.

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  2. Eu não conhecia esta música, achei muito interessante os significados por trás dela.
    Charme-se

    ResponderExcluir
  3. Já aconteceu isso comigo de escutar uma músicas e de só entender tempos depois. Aí eu fico: Como assim nunca tinha entendi isso? haha
    Não conhecia essa música mas gostei bastante.

    It's Lizzie

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia, mas a musica além de boa é muito bem composta.

    ResponderExcluir
  5. Adorei esta análise crítica que você fez da letra da música, as vezes mesmo músicas em português a gente acaba prestando tanto atenção no ritmo que perde realmente seu significado.

    Um beijo,
    Blog da Kitbox

    ResponderExcluir
  6. Bem interessante essa música.
    big beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  7. A arte sendo arte.
    Que incrível!
    Obrigada por compartilhar!
    Beijos!
    BorboletraInstagram

    ResponderExcluir
  8. Acredita que eu nunca ouvi The 1975?? Preciso ouvir.
    E sério, adorei esse post!
    Eu sou fascinada pelo significados das músicas. É muito legal perceber a mensagem que o artista quer passar, principalmente quando tratam de assuntos sérios, são minhas preferidas!
    Parabéns pela análise da música, é difícil fazer isso.

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Incrível como a gente escuta mil músicas e não busca saber o significado delas, né? Adorei conhecer a dessa!

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  10. Eu sou desse jeito também menina! Não conhecia essa música.

    Ótimo post!
    >>> https://blogjulianarabelo.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi
    Uma música cheia de significados que tem de ser descodificada e como você brilhou nessa descodificação!!
    xoxo

    marisasclosetblog.com

    ResponderExcluir
  12. Que maravilhosos! Não conheço muito a banda mas já fiquei super empolgada de começar a ouvir mais eles. Achei uma bela sacada, adoro quando artistas fazem letra assim
    Beijos,

    https://lesjoursdemarcela.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. adorei conhecer a banda e essa letra super legal, adorei ver todo significado por tras dela

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir