14 de set de 2018

Sobre a romantização da dor

Found on Unsplash @yrss 

Passei a adolescência lendo romances e ouvindo Taylor Swift. Com tudo que eu lia e escutava, eu achava que o amor tinha que ser de um jeito e seguir toda uma linha para ser considerado amor de verdade. 

A gente sempre acha que o amor só nós trás o melhor e que o amor vai durar para sempre. O amor pode durar um segundo e ser mais verdadeiro do que um de 30 anos, a questão é saber identificar. 

Com tudo que eu observei do amor, eu vi que romantizamos a dor. Achamos que ciúmes e proibições de uma das partes do relacionamento é uma forma de demonstrar quão grande é o amor da pessoa. A gente aceita as opiniões (mesmo aquelas que vão contra tudo o que acreditamos), afinal, é a pessoa que amamos que está falando. Aceitamos até quando a pessoa nos coloca para baixo e guardamos aquilo como se a pessoa tivesse tentando nos ajudar. 

Em Coríntios 1 versículo 13:4-7 diz: “O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta”. Quando ele diz que tudo suporta, ele quer dizer, que um casal pode suportar a distância, diferenças que poderiam separá-los, preconceito. Ele não fala nada de aceitar migalhas ou suportar alguém que não te valoriza. 

Eu percebi que eu passava pano pro meu antigo relacionamento. Sabe, pra mim, era tudo perfeito e a pessoa fazia tudo certo. E então, boom, eu vi o quão preconceituoso era o discurso que ele usava para diversas coisas das quais eu acreditava e eu fingia não ver. 

A dor vem em ondas e outras vezes é constante. Não romantize as dores, dor não é bonita. Nem sempre uma dor vira história de superação, às vezes só é doloroso lembrar. Não fique onde seu amor deve ser regrado ou que você mais se sinta mal que bem. 

E você, o que acha sobre romantização da dor?

9 comentários:

  1. Hey Tay! Tudo bom?
    Essa coisa de romantizar o amor, a dor, paixão, e qualquer outro tópico é uma camuflagem. Perceber o verdadeiro significado disso tudo é difícil, mas quando aprendemos tiramos um peso das costas.
    Obrigada pelo comentário lá no blog.
    Volte sempre!

    ~ miiistoquente

    ResponderExcluir
  2. Achar que ciúme é demonstração de amor, é o fim da picada! Deus me livre arrumar alguém assim.
    Dor não tem nada de romantismo, pelo contrário, né? Que mais pessoas possam parar de fazer isso.

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  3. Oi, Tay!

    Acho que você falou tudo... Não devemos romantizar a dor e sim, buscar a felicidade!

    Abraços, Cris

    ResponderExcluir
  4. O amor é mesmo inexplicável!
    Mas nunca devemos nos calar, dar valor apenas a quem mereça!
    Adorei o blog, já estou seguindo!

    Beijos

    www.cuidadosevaidades.com.br

    ResponderExcluir
  5. Em muitos casos somos ensinados a gostar de sofrer para então ser feliz, né? Tipo, o amor machuca mas é verdadeiro. E acho que isso não é legal, nada é fácil, mas o que é bom e real não é feito para causar dor.

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  6. Eu acho tão lindo esse versículo ♥
    Foi bom ler novamente!
    ".. dor não é bonita. Nem sempre uma dor vira história de superação, às vezes só é doloroso lembrar."
    Eu tenho percebido que tem situações que por mais que a gente tente tirar algo positivo não dá, é só a dor alí doendo e não é nada legal sentir isso.
    Gostei bastante do seu texto.

    https://heyimwiththeband.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Também passei muito o pano no meu relacionamento antigo e não tem coisa pior. Nos sentimos tão inferiores.
    www.achatadebatom.com

    ResponderExcluir
  8. Definitivamente o amor não machuca, o que machuca é a falta de amor
    Charme-se

    ResponderExcluir
  9. Olá, Tay!
    Infelizmente vejo muitas pessoas romantizando coisas que não deveriam ser romantizadas, a dor é algo que infelizmente não podemos evitar que aconteça na maioria das situações, mas se ela pode ser evitada e se há um a forma de evita-la, então ela deve ser evitada sim.

    Cai aqui no seu cantinho por acaso e já estou amando, já abri três abas com textos que quero ler e já segui viu?!

    Beijão!
    Lumusiando

    ResponderExcluir