13 de junho de 2018

Resenha:Os Criadores de Coincidências |Yoav Blum

Título Original: The Coincidence Markers
Autor: Yoav Blum
Editora Planeta de Livros
Sinopse: E se o trem que você perdeu, o café que derrubou, o bilhete que encontrou não forem eventos aleatórios? E se o destino do mundo estiver sendo manipulado por pessoas especializadas em criar acasos?

Neste romance best-seller do israelense Yoav Blum, o destino é o protagonista – mas ele não depende de sorte ou intervenção divina.

Emily, Eric e Guy trabalham numa espécie sobrenatural de organização secreta há alguns anos. Eles estudaram disciplinas como interferências em sonhos, distribuição de sorte e como ser amigos imaginários, até se tornarem criadores de coincidências. Agora, de tempos em tempos, recebem complexas missões a serem executadas. Seu trabalho é permanecer na área cinzenta entre destino e livre arbítrio, onde eles criam situações que criam situações que criam mais situações que darão origem a pensamentos e decisões, gerando os mais diversos resultados: o encontro de almas gêmeas, invenções que podem mudar o mundo, a inspiração que dará origem a obras-primas.

Mas, quando Guy recebe uma missão especial, que vai além daquilo que ele acredita poder fazer, as coisas começam a se mover de forma a mudar tudo o que os criadores de coincidências entendem sobre a vida e a verdadeira natureza do amor.

Um thriller improvável sobre os operários invisíveis que mantêm girando as engrenagens do acaso.

Em Os Criadores de Coincidências conhecemos Guy, Emilly e Eric que são amigos desde que fizeram parte da mesma turma no curso de criadores de coincidências. Para você entender, os criadores de coincidências são 'agentes' que criam pequenas situações na vida de alguém que isso muda totalmente o rumo da vida dessa pessoa.

Guy é especilista em unir casais, Emilly cria coincidências negativas para que as pessoas consigam inspiração (exemplo: uma pessoa precisa perder o emprego para se dedicar a poesia) e Eric é um 'bicho solto' ele faz de tudo para que seu objetivo seja cumprido.

Eu comecei a leitura não dando nada pelo livro. Nunca havia ouvido falar do autor e não li a sinopse para ver onde o livro iria me levar. Nela conhecemos Guy que cria situações românticas e ainda está preso em um amor por uma amiga imaginária que ele conheceu quando também era um, ele é totalmente empenhando em criar suas coincidências e lembrar da Cassandra(a amiga imaginária) que nem percebe que Emilly é apaixonada por ele.

No decorrer da história vamos vendo um pouco do ponto de vista de cada personagem já que os capítulos são divididos entre eles.

“A confiança e o amor andam juntos. Esses dois sentimentos somam suas forças, andam de mãos dadas, sempre foi assim.”

O livro é escrito em terceira pessoa, e eu achei melhor assim. A capa é linda e o enredo é coeso, entretanto, algo que me irritou muito durante a leitura foram as partes de texto do manual dos criadores de coincidências, para mim foi completamente desgastante. O livro também aparece flashblacks.

Com a leitura eu fiquei o tempo todo me questionando sobre o livre arbítrio, será que fazemos algo por querer mesmo ou somos influenciados?

Outro ponto negativo do livro, é que introduziu muitos personagens novos no meio do livro, entretanto, eu compreendo que foi bom para o andamento do enredo. A resenha pode estar meio confusa, estou tentando ao máximo não revelar partes importantes. O livro tem um ritmo próprio e a leitura flui.

O final é surpreendente e fofo, e eu amei a forma como colocou a profissão dos personagens principais como uma ação ativa para a finalização do livro.

Super recomendo.
E você, já conhecia o livro?
Beijos

18 comentários:

  1. O livro parece bastante interessante até! Eu curti a resenha!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  2. Oi
    Sabe que eu já tive a mania das coincidências e não é fácil estamos sempre a fazer associações de acontecimentos. Agora não sofro mais com isso. Acho que não ia gostar de ler o livro, foi traumatizante.
    Xoxo

    marisasclosetblog.com

    ResponderExcluir
  3. Mesmo não tendo lido o livro eu sempre fico pensando nisso, de que será que fazemos algo por querer mesmo ou somos influenciados??
    É um assunto pra refletir bastante...
    Achei bacana a história ;)

    https://heyimwiththeband.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Uau, primeira vez que vejo sobre esse livro e já fiquei super curiosa para conhecer. Obrigada por compartilhar!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia o livro e fiquei bastante curioso sobre ele, vou anotar a dica =)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  6. Que legal a ideia do livro, achei um pouco parecido com o enredo do filme Agentes do Destino. Tenha um ótimo dia, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    www.paisagemdejanela.com

    ResponderExcluir
  7. Ainda não conheço Tay, mas adorei sua dica! Muito bom quando a leitura flui naturalmente né?

    Beijos

    www.cuidadosevaidades.com.br

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia esse livro, achei a história tão interessante, é por isso que adoro ler resenhas ❤
    www.blogsereiando.com

    ResponderExcluir
  9. wow! adorei! parece ser muito bom!
    já vou colocar na lista! haha

    xoxo
    Guria do Século Passado

    ResponderExcluir
  10. que bacana essa indicação, gostei de conhecer esse livro e fiquei curiosa para ler

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  11. Gostei da indicação! Achei a premissa do livro bem interessante e diferente, me deu vontade de ler.

    http://www.biigthais.com

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia não, mas achei muito interessante a proposta dele, se for bem desenvolvido fica interessante. Acho que Daria um filme bem legal.
    Charme-se

    ResponderExcluir
  13. Oie,
    Achei o tema bem interessante, nunca li nada parecido.
    Fiquei curiosa e vou adicionar na minha lista ( que só cresce).
    Beeijoo!!

    Grazy Carneiro
    Meus Antídotos

    ResponderExcluir
  14. Oie Tay =)

    Não conhecia o livro, mas pela sua resenha ele pelo visto traz reflexões importantes. Gosto de livros assim, que além de me entreter me fazem pensar.

    Dica anotada!

    Beijos ;***
    Ane Reis. | Blog My Dear Library

    ResponderExcluir
  15. Eu não acredito em destino, mas creio que existem sim influências que podem (ou não) influenciar em nossas decisões dentro do nosso livre arbítrio. Mas, creio que se eu lesse esse livro, sem dúvida levaria como algo despretensioso.
    Ainda não conhecia o livro e gostei da sua resenha, não ficou confusa, kk.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥
    [SORTEIO NO INSTA]

    ResponderExcluir
  16. Olha, nunca tinha ouvido falar, mas a história parece ser bem interessante.

    www.estante450.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oi
    olha não conhecia esse livro, nunca tinha lido resenha ou divulgação e pelo que comentou eu me intensei pelo enredo, dele parece ser uma história gostosa de se ler, fiquei interessada por esse grupo de amigos.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir