17 de maio de 2018

This is America: Crítica Social e o Extermínio da Comunidade Negra

O ator e roteirista Donald Glover, sob o pseudônimo de  Childish Gambino, lançou recentemente a música e videoclipe de 'This Is America', letra que expõe o racismo e a violência policial nos EUA. O vídeo que foi publicado no dia 5 de maio, já tem 129.197.975 visualizações.

O clipe é todo gravado dentro de um galpão, e ao decorrer das cenas são retratadas situações sofridas pela comunidade negra.



A cena em que ele atira no homem sentado na cadeira, a pose usada ao atirar é em referência a Jim Crow. Jim Crow era um personagem do ator Billy Van. Billy era um atr branco que se pintava de preto e pintava a boca de vermelho -alô blackface- em 1900, o personagem era burro e fazia danças bobas, obviamente zoando os negros. Vale ressaltar que as leis de Jim crow institucionalizaram a segregação racial.

No clipe, vemos as críticas a política armamentista dos EUA, em que uma arma vale mais que uma vida, já que todos querem proteger as armas sem se importar com o que alguém armado pode fazer.

A cena do massacre ao coral é em referência ao massacre na igreja de Charleston em 2015, em que um supremacista branco atirou e matou nove pessoas dentro da igreja.


Temos também a problemática de que os jovens negros estão distraídos com passos de danças, tecnologia e gírias e não percebem os problemas ao redor.

Ah, e sabe o moço tocando violão no começo do clipe? Ele é o pai do Travyon Martin que foi morto por um guarda civil por estar vestindo um casaco com capuz. E a morte dele que iniciou o movimento 'Black Lives Matter'.

O clipe termina com ele acendendo um baseado e tendo um momento de paz, para logo depois ser perseguido pela polícia. Essa é uma crítica a matar negros, fazer massacres e etc é totalmente ok, agora um negro usar drogas -entenda o contexto- é errado, enquanto que se fosse uma pessoa branca seria algo a ser empoderado como livre.

Eu achei esse clipe uma preciosidade, é gritante o descaso com a comunidade negra - e não só nos EUA, veja os dados aqui do Brasil e verá- o clipe é recheado de referências a situações que ocorreram e muita gente fechou os olhos.

O que podemos entender de tudo é que a militância deve continuar sim, temos que expor tudo o que fingem não ver.

E você, já havia visto o clipe e a música?
Beijos

11 comentários:

  1. Não conhecia, mas a atitude dele em expor isso, é sensacional!
    Infelizmente o descaso ainda é muito grande. :(

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  2. ADOREI esse clip, estamos precisando mais msm de mais critica social assim

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  3. esse clip é MUITO PESADO de um forma positiva, precisamos desse peso sim, as pessoas precisam ver o que tá rolando no mundo.


    Talo de Maçã ♥

    ResponderExcluir
  4. maravilhoso!
    todo mundo tem que ver isso pra refletir!

    xoxo
    Guria do Século Passado

    ResponderExcluir
  5. Ainda não tinha visto esse clipe, apesar de ser pesado é uma realidade comum que não deveria existir.

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  6. Um bom tema. também acho que os jovens vivem alhaedos da realidade... Vivem dentro das novas tecnologias e não se dão conta do que se está passando.
    xoxo

    marisasclosetblog.com

    ResponderExcluir
  7. Já tinha visto o clipe e foi genial! Acho que a arte precisa em algum momento vir com uma crítica. Acho que foi um clipe que fez muita gente parar para refletir.

    http://www.biigthais.com/

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  8. Ainda não conhecia, mas assisti ao vídeo clip e gostei bastante.
    Beijos boa semana
    http://bellapagina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Esse clipe está realmente criando muitas discussões e acho que mais artistas deviam fazer como ele. Precisamos fazer algo para tentar mudar o mundo. Tenha um ótimo dia, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    www.paisagemdejanela.com

    ResponderExcluir
  10. Clipe maravilhoso que trás a verdade nua e crua vivida pela população negra
    Charme-se

    ResponderExcluir