28 de jan de 2018

Sobre Desapego e Liberdade

Minha auto estima sempre foi 100% ligada ao meu cabelo. Se ele estava bem, eu também estava. Parece algo fútil de se dizer, depositar toda sua 'felicidade' em uma só coisa. Só que as coisas são assim.

Sabe quando a gente está vendo um filme, e no meio do filme a personagem para na frente do espelho e corta o cabelo? A gente sempre  acha que ela enlouqueceu, só que depois do corte, é como se fossem duas personagens diferentes e ai começam as cenas de amadurecimento. Comigo foi quase assim.

Eu decidi que queria mudar e decidi que seria pelo cabelo, queria uma versão diferente do que eu era. Alguém novo e melhor. Levei três dias: o primeiro para tomar a decisão, o segundo eu cheguei a sentar e meu cabelo já estava pronto era só passar a tesoura e eu comecei a chorar do nada e desisti, a terceira vez foi a liberdade.
Antes e Depois
Da cintura aos ombros, o cabelo me deu uma sensação de liberdade, um ar novo passando pelo meu pescoço. Eu percebi que eu me apeguei demais ao cabelo e por isso chorei na possibilidade de perder isso. Ao cortar, eu sabia que seria diferente e talvez não fosse a coisa certa a fazer.

Podemos obter a liberdade em pequenas coisas, coisas que nem sabíamos que traria liberdade. Se permita mudar, ser um versão sua nova, errar para acertar.

Talvez o que te dá medo é o que trará sua redenção.

19 comentários:

  1. É bom começar a se "desapegar" pelo cabelo, já que se a mudança não der certo, ele uma hora cresce...

    O Blog da Fênix agora é Cobaia Amiga! Para comemorar a mudança estou sorteando um presentinho para uma leitora lá no blog: http://www.cobaiaamiga.com/2018/01/sorteio-kit-cabelos.html

    ResponderExcluir
  2. Seu cabelo ficou lindo assim! Eu sou apegada ao meu também, mas depois que corto, apaixono de novo!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  3. Sei como é se sentir assim, eu mesma sou apaixonada pelo meu cabelo, mas não sinto vontade de cortar não (pelo menos ainda não).
    Seja bem vinda a esta liberdade e aproveite!

    Ótima semana :)
    http://mylife-rapha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oie Tay! Liberdade é algo muito bom de se sentir. Que bom que sua auto-estima melhorou que continue assim! Uoou boa filosofia essa. Tem vezes que a liberdade está no arriscar. E aí vemos que é bem melhor do jeito que ficou.

    Snack Cheese Viva o leite ~🍪v i s i t e - n o s🍪

    ResponderExcluir
  5. Na primeira vez que cortei o cabelo curto (igual o seu) foi um choque para todo mundo pq ele era grande. Eu chorei por uns dias de arrependimento mas depois também senti a sensação de liberdade
    Beijos,

    https://lesjoursdemarcela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Nossa, eu super te entendo, tem dias que meu cabelo não se ajeita e eu não consigo deixr ele de um jeito que eu gosto e aquilo pode simplesmente acabar com meu dia, é impressionante como a nossa auto-estima é facilmente ferida por coisas que deveriam ser tão pequenas, mas que na nossa mente, não são. Fico feliz que conseguiu desapegar, eu amo cabelo curto e amo ter cabelo curto, me sinto mais bonita, mais estilo e mais livre tb, curta muito, você vai ver que é mto mais fácil de cuidar =D

    beijoos!

    ResponderExcluir
  7. Tenho muita vontade de fazer um corte diferente. Eu sou meio desapegada, mas as pessoas da minha família não. Elas acham que tem que ter cabelão e ponto. Esse ano só cortei uns dedos mesmo pra fortalecer.

    http://www.biigthais.com

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  8. Verdade! Adorei!
    http://www.nossomosmoda.com/2018/01/violeta-cor-de-2018-por-thiago-vaz.html

    ResponderExcluir
  9. Ficou linda! Mudar é sempre bom! Eu adoro mudar! Agora estou numa versão loira! rs ;)

    beijos!

    https://ludantasmusica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Que legal, menina! Eu tbm tinha o cabelo comprido e cortei faz uns dois anos e depois nunca mais tive o cabelo comprido, adoro ele curto agora :D
    www.paticousseau.com

    ResponderExcluir
  11. Oie,
    Seu cabelo ficou lindo desse jeito também. Eu também gosto de cabelo longo e tento manter assim, mas quase sempre dou a louca e corto tudo.
    Está linda!!
    Beeijoo!!!

    Grazy Carneiro
    Meus Antídotos

    ResponderExcluir
  12. OOOOOOOOI

    ai, eu te entendo. Também deposito demais no meu cabelo. Há quem pense ser algo fútil, mas eu te entendo mesmo e sei que não é.
    Mas fico muuuuuuuito feliz que voê tenha conseguido desapegar um pouquinho e esteja de visual e alma renovados!

    beijo
    www.beinghellz.com.br

    ResponderExcluir
  13. Ficou lindo. Queria ter essa coragem e cortar o meu também.
    Beijos.


    sonhosdegarota.com

    ResponderExcluir
  14. Ah, Tay, eu te entendo muito! Tinha um cabelão também e do nada, resolvi cortar. Foi a melhor coisa que eu já fiz e hoje não consigo mais me imaginar de cabelão. Na verdade, até consigo, mas logo depois me vem a ideia de cortar de novo só pra repetir a sensação de liberdade que isso me traz! <3

    Beijo!
    www.controversos.com

    ResponderExcluir
  15. Sempre diante de mudanças cortamos o cabelo, tb quero cortar o meu.

    Big Beijos,
    LULU ON THE SKY

    ResponderExcluir
  16. Oi, Tay! Minha auto estima também sempre esteve muito ligada ao meu cabelo e eu sempre fui acostumada a ter ele comprido. Eu fiz uma promessa há alguns anos atras e cortei ele nos ombros e foi libertador! Descobri que minha beleza não estava ligada a ele e é bem mais fresquinho, né? Agora estou com ele comprido de novo mas vira e meche me dá uma vontadezinha de cortar! Você continuou linda, parabéns pela coragem :)
    Beijos

    somehowme.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Cara, é muito louco que eu fui num encontrinho de uma marca uma vez e eles falaram de uma pesquisa que a brasileira é basicamente a única mulher do mundo que liga mais pro cabelo do que pra pele do rosto (que o que as mulheres de outros lugares ligam mais e cuidam mais). Achei bem legal esse seu post, seu cabelo é lindo do jeito que for!!


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  18. Que coisa mais linda esse texto! E é realmente isso, acho que todo mundo é bastante apegado ao cabelo, comigo é exatamente a mesma coisa: se meu cabelo tá bem, eu também tô, e mexer nele é mexer diretamente comigo e com a minha auto estima. Acho que quando a gente sente vontade de mudar, é isso mesmo que tem que acontecer, a liberdade que a mudança nos traz não tem preço! Tu ficou LINDA <3
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  19. Oi, Tay!

    Difícil, de alguma forma, não se identificar com teu texto... Entendo perfeitamente!
    Teu cabelo ficou lindo!!

    Abraços, Cris

    ResponderExcluir