Sexo para algumas pessoas ainda é tabu, é aquele tipo de coisa que todo mundo tem umas curiosidades sobre algo, mas não tem coragem de dizer em voz alta ou procurar saber mais. Eu sempre tive todas aquelas dúvidas de adolescente(ainda tenho) sobre como funciona certas coisas e sempre tive muita vergonha de procurar perguntar ou achar por meios próprios.  Então entramos no ponto desse filme, quando eu vi no catálogo de filmes eu gostei da capa e do nome, só que quando eu li a pequena sinopse fiquei com o pé atrás, pois fico extremamente envergonhada quando chega nesses assuntos e vai que o filme tinha alguma imagem explicita ou algo do tipo, mas mesmo assim decidi assistir, vamos ver minha opinião sobre o filme?

Sinopse




O filme explora os relacionamentos e as vidas sexuais secretas de vários casais que tentam apimentar o sexo. Um casal tem dificuldades com o sexo quando a mulher só consegue ficar excitada ao ser assediada. Outra mulher só consegue ficar satisfeita quando o namorado chora. Um homem descobre um aspecto novo de sua personalidade após deixar a mulher inconsciente. Uma brincadeira entre um casal vai tão longe que acaba não tendo nada a ver com sexo.




Resenha

La petite mort é o termo usado para descrever o período refratário que ocorre após o orgasmo, também interpretado por aquela leve perda da consciência e desmaio que algumas pessoas tem.

O filme conta a vida de Paul e Maeve, Maeve tem a fantasia sexual de ser estuprada. Daniel e Evie que estão passando por uma crise sexual e o terapeuta dá a dica deles interpretarem papeis para melhorar a relação. Richard e Rowena que estão tentando ter um filho, e Rowena já não sente mais prazer já que o ato já se tornou mais uma 'obrigação' e então ela percebe que ver o marido chorar a ajuda. Phil e Maureen tem brigas constantes e ele descobre o prazer colocando sonífero na bebida da esposa e assim tendo um caso com ela mesma. E por fim, Monica e Sam, meu 'casal' favorito, ela trabalha em uma empresa que intermedia ligações de pessoas surdas e mudas por skype e o Sam que é surdo liga para fazer uma ligação para um tele-sexo em que Monica tem que traduzir tudo.


O filme vai pulando as cenas entre as relações de cada casal e mostrando sua rotina e na história entra um vizinho que tem que contar a todos os vizinhos que é um criminoso sexual. O filme tem uma fotografia boa junto com uma trilha sonora. Ele é aquelas comédias que você não esperava. E eu quebrei minha cara, pois mesmo que tenha o sexo como história central, não tem nada explicito propriamente dito e lida mais com o sentimento relacionado ao sexo, os fetiches e toda a consequência que isso pode trazer.


Eu amei a Monica e o Sam, pois era o casal mais 'normal' da história e eles conversavam por sinais e deixou o filme interessante, o que eu menos gostei foi Richard e Rowena por causa da Rowena que se mostrou um tanto quanto egoísta e manipuladora. Eu gostei muito do final do filme e em como ligou as histórias, mesmo com o que aconteceu eu não deixei de rir.


Recomendo esse filme, pois os atores são ótimos e o filme vale mesmo a pena.

E você já conhecia esse?
Beijos

5 Comentários

  1. Confesso que não conhecia mas adorei saber a tua opinião
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderExcluir
  2. Nossa, fiquei muito curiosa. Será que tem na Netflix?

    Beijos Tay.

    jaynnesantos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Por acaso não conhecia este filme, mas parece abordar o assunto de uma forma até leve :)

    THE PINK ELEPHANT SHOE // SORTEIO DE UM PERFUME ‘BLUE WONDERS’ NO FACEBOOK //

    ResponderExcluir
  4. Adorei a indicação de filme, já anotei na lista para ver no próximo final de semana.
    Sexo nunca foi um tabu pra mim então vou adorar o filme.
    Um beijo!

    http://lesjoursdemarcela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir