E no fundo, bem no fundo tu sabe que não era amor. Um sentimento tão lacônico que foi confundido com um amor confuso ou passageiro. Não dizendo que o que é breve não pode ser eterno, mas nesse caso eu nem sei o que foi. Você transformou o que poderia ser um soneto em um dístico, um verso qualquer escrito num banco de ônibus que passa despercebido pelos olhos apressados, ninguém pode ver essa dor dilacerante que apenas eu sinto. Melancolia? Talvez sim, porém nunca aprendi lidar com rompimentos repentinos.
Pensei em comprar um periscópio, quem sabe com ele consiga achar os meus pedaços que deixei por ai e se afundaram nesse mar de falsas ilusões.

26 Comentários

  1. acho que ninguém sabe lidar muito bem com rompimentos repentinos...
    xoxo

    http://s2juuh.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Força. Recolha os pedaços e vá a luta. Tudo tem seu tempo
    Big beijos
    Lulu on the Sky

    ResponderExcluir
  3. Gostei do texto, mas no meu caso nao seria assim, pois adoro amores passageiros que acabam repentinamente <3
    fashionemcores.com

    ResponderExcluir
  4. Palavras tristes. Rompimentos são assim mesmo.

    bjs
    Testahy
    Curta: Testahy

    ResponderExcluir
  5. Super me descreveu, às vezes colocamos ilusões em coisas supérfolas ou relacionamentos passageiros.
    Amei o texto..

    bjs

    http://timidainocente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Nossa que profundo e triste.
    Você lida bem com as palavras, quanto ao sentimento é muito ruim passar por qualquer tipo de ilusão.

    http://www.pamlepletier.com/

    ResponderExcluir
  7. LOLA! Quanto tempo que eu não te via por aqui! :}
    Que triste seu texto, fiquei imersa nesses sentimentos de desilusão, lendo ele


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  8. Amo, amo. Texto lindo, é seu? Amei.

    Beijos e Abraços!!!
    Publicações toda sexta-feira'
    http://gabriellyrosa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Adorei o texto!

    Beijos

    Jéssica
    Fashion Jacket - www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir
  10. É tão difícil saber o que é realmente amor néh... E depois, se não for, o fim é bem trágico.♥

    PiinkCookie.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Gostei do seu textinho, achei bem profundo.
    Espero que passe e que você consiga encontrar um amor verdadeiro, por que não podemos julgar todos por causa de um, esquecer de amar por que um amor não foi verdadeiro.
    Adorei o texto.
    Beijos
    neversaynever-believe.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Hey Lola!
    UAU acho que também não aprendi a lidar com rompimentos repentinos. Acho que ninguém aprende, né? Mas adorei seu texto menina :3
    Simmm, adoro aquele homem cantando, é tão fofo <3
    É absurdamente fofo demais <#
    Um beijo!
    Pâm - www.interruptedreamer.com

    ResponderExcluir
  13. Lindo o texto, adorei!
    Beijos!
    www.mahmaquiagens.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. E normalmente é assim...
    Muito bom.

    Não deixe de visitar o Histórias, estórias e outras polêmicas o teu blogue foi citado,

    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Olá!!
    ai que lindo!
    gente eu amei tudo aqui!! (L)
    seu texto , o layout!!
    Beijos;*

    www.harumiholanda.com

    ResponderExcluir
  16. "Se afundaram nesse mar de falsas ilusões" eu adorei esta parte, mas me identifiquei no texto inteiro ;')
    Beijos, Lili ;3
    Clique e vá ao Princesa Teen

    ResponderExcluir
  17. Que texto forte, uma pena quando vemos que não é o amor.

    www.iasmincruz.com

    ResponderExcluir
  18. Amor,amor,amor...
    sempre vivemos em torno do amor!
    Muitas vezes nos faz sofrer, mas não podemos sobreviver sem amar.
    segui e curti vc, pois amei seu blog!
    bjus
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  19. Belas palavras, adorei!
    beijos,

    www.soentreamigas15.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Que triste textinho! Às vezes pensamos que o que sentimos é algo eterno, mas foi só um momento. É triste, mas nos deixa mais fortes e espertos para decifrarmos quando for e quando não for.

    ResponderExcluir
  21. Muito lindo o texto...prefeito e repleto de sintonia. Adorei, acho que deveria escrever um livro.
    Beijos!
    Monólogo de Julieta.

    ResponderExcluir
  22. eu nunca vou conseguir me acostumar e acreditar nos términos que acontecem de forma repentina

    ResponderExcluir
  23. Seria bom se as complicações não existissem. Gostei da reflexão... beijinhos

    ResponderExcluir
  24. lindo seu texto, a verdade é que não estamos nunca preparados para a perda, os rompimentos repentinos,a separação é sempre muito dolorosa, e um sempre sofre mais....
    bjus
    boa semana
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir