Me peguei pensando sobre tudo o que aconteceu entre nós dois, lembrei dos momentos, dos beijos e tudo mais, e ainda não entendo o porque do fim.
Você dizia que adorava meu cabelo, como era mesmo que o chamava? ah sim, que eram grandes como o infinito e negros como uma noite sem estrelas, lembro que você adorava mexer nas curvas que a trança fazia, hoje não a uso mais.
Depois de sua partida, percebi que o amor é como uma trança, você tem que primeiro dividir no lugar certo e depois juntar de uma forma que não solte fácil e se errar uma curva voltar e fazer outra vez seguindo outro caminho, porque a beleza está na união das mechas unidas e não divididas em partes, e eu me pergunto, porque não fizemos isso? porque não pegamos o que cada um tinha de melhor para o relacionamento e depois juntar tudo e deixar de um modo que não largasse no primeiro vento? e se não conseguíssemos poderíamos tentar de novo e de novo , mas porque você quis me abandonar? O amor é incondicional até conhecer o que o outro esconde no porão da sua alma*.
Trecho da música Penny- Visconde

11 Comentários

  1. Lindo textinho, adorei, ficou ótimo!
    www.espacegirl.com

    ResponderExcluir
  2. Que lindo texto, mas a maioria deles são muito tristes Lola...
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Amei a metáfora da trança! É isso a vida, um eterno encontro e desencontro. Beijos

    ResponderExcluir
  4. Gostei da comparação com a trança... uma boa reflexão, flor. beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Nem sempre o que um quer o outro também deseja. Infelizmente :/
    Mas gostei da analogia do amor com a trança *_*

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. que lindo!
    Boa analogia em relação ao amor. Eu também não compreendo porque ele se esvai tão fácil pra maioria das pessoas...
    beijo

    ResponderExcluir
  7. Adorei. Música linda e triste ao mesmo tempo.

    http://therelicario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. lolitaaaaaaa

    que lindo mas triste
    mesmo assim amei demais
    bezossssssssssssss

    ResponderExcluir
  9. Que texto lindo! Adorei a metáfora (mesmo que eu seja do tipo que troca tranças complicadas por rabos de cavalo).

    ResponderExcluir