nerd girl

Filme

You Get Me

Leia o post

nerd girl

Cabelo

Você conhece: Henê?

Leia o post

nerd girl

Comportamento

5 Coisas que aprendemos na antiga era Miley

Leia o post

nerd girl

texto

Pare de sabotar os seus sonhos

Leia o post

21 de agosto de 2013

Linha Alheia: A Dor Dói Mais



Trancar o dedo numa porta dói. Bater com o queixo no chão dói. Torcer o tornozelo dói. Um tapa, um soco, um pontapé, doem. Dói bater a cabeça na quina da mesa, dói morder a língua, dói cólica, cárie e pedra no rim. Mas o que mais dói é saudade.
Saudade de um irmão que mora longe. Saudade de uma cachoeira da infância. Saudade do gosto de uma fruta que não se encontra mais. Saudade do pai que já morreu. Saudade de um amigo imaginário que nunca existiu. Saudade de uma cidade. Saudade da gente mesmo, quando se tinha mais audácia e menos cabelos brancos. Doem essas saudades todas.
Mas a saudade mais dolorida é a saudade de quem se ama. Saudade da pele, do cheiro, dos beijos. Saudade da presença, e até da ausência consentida. Você podia ficar na sala e ele no quarto, sem se verem, mas sabiam-se lá. Você podia ir para o aeroporto e ele para o dentista, mas sabiam-se onde. Você podia ficar o dia sem vê-lo, ele o dia sem vê-la, mas sabiam-se amanhã. Mas quando o amor de um acaba, ao outro sobra uma saudade que ninguém sabe como deter.

Saudade é não saber. Não saber mais se ele continua se gripando no inverno. Não saber mais se ela continua clareando o cabelo. Não saber se ele ainda usa a camisa que você deu. Não saber se ela foi na consulta com o dermatologista como prometeu. Não saber se ele tem comido frango de padaria, se ela tem assistido as aulas de inglês, se ele aprendeu a entrar na Internet, se ela aprendeu a estacionar entre dois carros, se ele continua fumando Carlton, se ela continua preferindo Pepsi, se ele continua sorrindo, se ela continua dançando, se ele continua pescando, se ela continua lhe amando.

Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche.

Saudade é não querer saber. Não querer saber se ele está com outra, se ela está feliz, se ele está mais magro, se ela está mais bela. Saudade é nunca mais querer saber de quem se ama, e ainda assim, doer.
Martha Medeiros

20 comentários:

  1. O título já dia tudo;*
    Dói mesmo :(
    Arrasou nas ft'S Lady, quero Pizzza :(

    Tem post novo, vai conferir :*

    Cantinho aqui em baixo:
    < tudodiferentecomsamaralima.blogspot.com.br/ >

    Ótima Quarta-feira!
    Beijos ><

    ResponderExcluir
  2. De todas as dores que existe esta é uma das que mais dói: Saudade!

    Bjinhos ;*
    Pâm

    ResponderExcluir
  3. Adorei o texto!!

    Beijos

    Jéssica
    Fashion Jacket - www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir
  4. "saudade é não saber", tão lindo o texto... e tão triste <3

    Passando para desejar um ótimo dia!
    Liz<3
    The Red Lil' Shoes Blog
    http://theredlilshoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Hey, flor!
    Nhooww, amei o texto! Muito lindo... E concordo com tudo. Saudade é foda. :/
    Beijoo

    http://penny-lane-blog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Nahim...que lindo esse texto da Martha Medeiros...fiquei até arrepiada aqui com a sensibilidade da autora. Saudade doi e muitooo mesmo só quem sente que sabe!
    Beijocas!
    Paloma Viricio-Jornalismo na Alma.

    ResponderExcluir
  7. Eu amo esse texto, lembro de já ter lido antes, profundo.

    ResponderExcluir
  8. A Martha!

    Realmente incrível, gosto bastante quando as pessoas conseguem dizer tão claramente o que todo mundo sente, mas que não consegue expressar.

    Ótima escolha de post.
    Beijos
    eraoutravezamor.blogspot.com
    semprovas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. pior que saudades doí mesmo:(
    adorei seu texto, e (risos), achei ja tava te seguindo, kk foi mal mas agora to seguindo!
    acervo-de-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Não sei qual é a pior dor que a gente pode sentir. Acho que a dor que a saudade nos causa é realmente a maior, porque pode ficar por muito tempo ou até mesmo ser eterna :( Adorei o texto!

    xx,
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  11. Que texto LINDO! Dor dói demais :/

    Marina Alessandra do blog Maior de Idade
    @mariinaale
    @maioordeidade

    ResponderExcluir
  12. Essas coisinhas que não poderemos mais saber, dói realmente.

    ResponderExcluir
  13. Que texto super maravilhoso!! Muito belo tudo o que escreveste,nota-se que escreveste com bastante sentimento. Feliz quinta-feira,fica com deus!! http://pontodecruzdamafalda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  14. Que texto lindo! *-*
    Saudade dói mesmo né... ;/

    Bjs
    de-livro-em-livro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Saudade da minha família que mora em outra cidade.. dói!
    Beijocas
    Tô barata, mas tô na moda | Facebook

    ResponderExcluir
  16. Primeira vez que acesso o seu blog e curiosamente somos amigos no face e nem sabia! Adorei conhecer o seu blog.
    A dor da saudade é a mais incerta das dores, as vezes podemos cessa-la ou simplesmente nunca deixar de sentir!

    Abraços,
    http://www.revolucaonerd.com/

    ResponderExcluir
  17. Martha escreve perfeitamente bem, chorei rs.
    Beijos ♡

    Dearitgirl.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. É um belo texto, embora eu discorde em partes com ele.
    Não há, no mundo, saudade maior do que as dos pais, dos irmãos e dos amigos com quem você convive. Sei lá, acho que as pessoas engrandecem demais o amor e ficam cegas por causa dele.
    Eu chorei muito mais quando minha vó foi embora, do que quando um menino idiota me deu um fora (na verdade nem chorei, ele que tá tava perdendo a chance de conviver com minha fabulosidade - SQN xD )

    ResponderExcluir