Eu procurei
Jurei que não iria mais falar de mim
Porque eu achei que eu tinha outras historias pra contar...

            
Essa música é bem eu, principalmente na parte em que diz "são monstros que eu sempre tento exorcizar"
Oi amores, tudo bem? bom hoje irei falar um pouco sobre minha história talvez fique longo então quem não quiser ler não precisa tá.
recentemente me perguntaram se eu já não estava cansada de brincar de ser blogueira, eu não entendi bem porque as pessoas pensam que eu brinco, será que elas não veem que eu faço isso porque eu gosto.
Então me lembrar de tudo o que eu vivi na minha vida e o que me trouxe aqui e queria compartilhar com vocês.

Tudo começou quando eu comecei a estudar, eu deveria ter uns 4 anos, meus cabelos eram lisos e um pouco ondulados nas pontas, por esse motivo muitas garotas cortavam meu cabelo ou grudavam chiclete pro achar que eu deveria ter o cabelo crespo, eu ficava com tanta vergonha de mim que eu cortava meu cabelo escondida para que parassem de nota-lo, a medida que eu fui crescendo eu continuava a cortar, como sempre cortava errado minha mãe me levava no salão pra arrumar o corte que ele começou a cachear, nessa época eu passeia  estudar no ensino infantil, meu cabelo nessa época ficou volumoso de tanto cortar, ai as pessoas da minha classe riam e falava coisas ofensivas, eu sempre ficava na minha pois não sabia me defender, isso aconteceu quando eu estava desde a 1ª série até a 3ª, foi quando no mês de maio de 2005 eu mudei de bairro e de escola, como era muito tímida ninguém conversava comigo e pra completar a professora dizia que eu era muito inteligente e conseguia superar todos da sala, então uma menina que era muito maior e mais velha que eu começou a implicar comigo, eu me lembro de seu nome até hoje BRENDA.
Eu não entendia mais sempre ela falava coisas ruins e tentava me fazer chorar, na maioria das vezes conseguia, nessa época as salas tinham um filtro(pra quem não conhece é onde coloca água, acho que ninguém mais usa isso), e o da nossa sala vazava e o chão sempre estava molhado e essa garota uma vez me derrubou e eu fiquei toda molhada e todos da sala começaram falar coisas como 'mijou na roupa' e coisas similares, quando eu cheguei em casa nesse dia minha mãe perguntou o que tinha acontecido e eu disse que havia caído mais não disse o que fizeram comigo, eu nunca contei nada dessas coisas a minha mãe ou a ninguém nunca me senti apta a falar essas coisas, então eu passei pra quarta série e mudei de escola então tudo o que acontecia comigo acabou eu fiquei 5 anos nessas escola e só ouvia comentários desagradáveis de pessoas ignorantes mesmo, mas nada relacionado á bullying.
Foi quando eu sai dela pra ir pra o ensino médio,em 2011, como eu sou totalmente tímida não tinha nenhum amigo, algumas pessoas falavam um oi mais nada mais comigo eu me sentia sozinha, foi quando eu  comecei a ficar doente e emagreci muito, então muitos pessoas diziam que eu tinha anorexia e falavam mal de mim e eu senti tudo aquilo voltar(no final de 2010 que eu tinha criado o blog pra postar os textos que eu fazia desde a 3 série que na maioria das vezes eu jogava fora ou rasgava, e que eu abandonei o blog ao entrar nessa escola) então foi quando eu voltei ao blog(onde eu me sentia que ninguém podia me atingir), sempre eu tentava não ligar ou fingir que não escutava o que falavam de mim, foi quando fizeram uma gincana no meu colégio e eu comecei a  conversar com uma menina da minha sala, foi quando ela me disse que se sentia só e eu contei que também me sentia então começamos a andar juntas e depois ela me apresentou pra outra amiga, foi quando eu comecei a me sentir melhor, e todas as vezes que eu me sentia só meu refugio era escrever no LM,então de uma hora pra outra pararam de ligar pra mim, e eu hoje posso dizer que estou bem melhor. mas desde então não quis mais largar o blog e os momentos mais felizes que tenho e quando estou aqui, então eu acho que ninguém tem o o direito de dizer que estou brincando, porque o meu blog é muito mais que uma brincadeira.
E desde quando você acha que sabe melhor de mim, do que eu?
Existem tantas coisas que eu vivi que você nunca viveu.
Eu procurei
Jurei que não iria mais falar de mim
Mas eu sou assim
Eu tenho tanta historia pra contar...

29 Comentários

  1. Nossa, ninguém merece o bullying...
    E não ligue para os comentários maldosos... Gente mal amada e ruim tem um monte por aí e o objetivo deles é deixarem vc mal...

    ResponderExcluir
  2. Que linda historia sofrida,mas que se Deus quiser pode dar frutos no futuro...
    Por isso não perca as forças...
    Bjss

    ResponderExcluir
  3. Nossa, que história! Eu não consigo entender como algumas pessoas acham que você está brincando... Olha, parabéns. Parabéns por ter superado tudo isso e provado ser mais forte. E não tem motivos para você parar de falar de si, afinal você criou esse blog para se sentir a vontade certo?

    Beijos | CLUBE SPLASH (perfil).

    ResponderExcluir
  4. Quando eu estava no primeiro ano no ensino médio escrevi algo mais ou menos parecido com a sua história. Eu nasci numa cidade do interior e os meus pais moravam um sítio, quando eu tinha 4 anos fomos morar no RJ, as crianças eram diferentes de mim, eu não gostava da creche que era o dia inteiro, sentia-me abandonada pelos meus pais, o que não era verdade, eu não me sentia bem com as outras crianças e elas sempre riam de mim, mas as coisas melhoraram quando fui para a primeira série. Deve ser uma barra sofrer isso que você sofreu, eu nunca gostei de participar desses grupinhos que humilham as pessoas por serem quem elas são, tímidas, gordinhas, cabelo cacheado ou liso, cada um é especial a sua maneira. Sempre que chegava alguém novo na sala eu já procurava me enturmar. Respeito é algo que aprendi e não abro mão. Escrever se tornou uma válvula de escape para mim a partir dos meus 15 anos, eu também sou tímida e tinha poucos amigos na época, me sentia fora do mundo como se estivesse ficando invisível, enfim, então comecei a escrever e então tomei muito gosto e hoje é o que eu sonho para a minha vida, não é uma profissão fácil, mas um dia eu vou realizar esse sonho. O blog é meu refúgio, também odeio quando dizem pra mim que é só passa tempo, que é brincadeira minha, mas é claro que não é, é o lugar onde eu posso contar minhas histórias e receber o carinho de outras pessoas, isso me faz muito feliz.

    Desculpe se o comentário foi muito grande, mas senti vontade de dizer estas coisas lendo o teu post. Sei que você não vai fazer isso, mesmo assim eu vou dizer, nunca desista de nada que te faz bem por causa de opiniões estúpidas. Adoro o teu blog e pronto, continue com ele. *-* Gostei muito do post, nem sempre a gente tem essa coragem de contar coisas tão tristes do passado.

    Beijão, moça bonita.

    www.eraoutravezamor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Nossa Lola que dureza. Bom na escola eu sempre fui sozinha no ultimo ano que eu conseguir fazer mais colegas do que eu podia imaginar. E pelo fato de eu ser diferente em alguns aspectos pessoais as pessoas me excluiam. Bom, acredito que você está melhor. Seu blog é lindo, seus textos também. Só desejo sorte :)
    Abraços Candy :)
    thingsofcandy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Também me sinto bem segura no blog, e também sou muito tímida e difícil de fazer amizades. Mas hoje tenho amigos verdadeiros e que me aceitam como sou.
    Última nostalgia

    ResponderExcluir
  7. nossa, que história hein?!
    eu nunca sofri bullying assim, mas deve ser horrível!
    que bom que vc superou e que o blog ajudoou, adoro aqui!
    beijoos!

    ResponderExcluir
  8. Toda criança passa por isso, acontece que tem umas que sabem levar e outras não. Eu passei muito por isso, principalmente depois que comecei a engordar no ensino médio. É sempre assim e a vida toda vai ser assim. O magrelo vai ser desprezado, a gordinha vai ser desprezada, os que usam óculos vão ser desprezados, os que tem cabelo crespo vão ser desprezados, os orientais vão ser desprezados, os pobres vão ser desprezados, os altos, os baixos e assim por diante, porque a vida é assim, feita de desprezo e só quem é forte leva bem a vida, então...toca o foda-se e pronto.

    ResponderExcluir
  9. Nossa q historia bem triste a sua =( também sofri bullying pq era tímida, mas foi entre os 11 e 12 anos =/
    fashion em cores

    ResponderExcluir
  10. Eu acho que todo mundo já passou por momentos ruins na escola e é realmente dificil..As pessoas muitas vezes querem só nos humilhar e nos colocar para baixo por pura inveja.Mas acredito que tudo isso aconteceu para que você crescesse e isso concerteza deve ter melhorado sua vida em muitos aspectos. E concordo com você,o blog não é uma brincaderinha,vai muito além,é o refúgio de muitas adolescentes que passam por situações parecidas com a sua.
    Beijos!
    efae.luvadepelica.com.br

    ResponderExcluir
  11. Ai meu Deus, eu tmb tenho o cabelo assim, mais graças a Deus nunca aconteceu comigo.
    http://fashionistaapaixonada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Ai Lola,minha história também é quase igual a sua,sempre implicavam e até hoje implicam porque eu tenho muito cabelo,e meu cabelo é muito volumoso,já fui e até hoje sou muito ofendida,me sinto muito só,quase não tenho amigas,apenas algumas que dizem ser mas nos momentos mais dificeis não estão nem aí pra mim...Me sinto muito só,me sinto abandonada e esquecida...E a um mês resolvi escrever meu blog para contar o que eu sentia mas não dava conta eu escrevia os textos todos,mas depois apagava e resolvia fazer post sobre moda entre outros...Até hoje sou muito humilhada,mas já superei eu cresci e mudei,não vou deixar que ninguém acabe comigo...O bullying tem que acabr,não aguento mais isso,e sei como doe.
    Então é isso Lola não se deixe levar por essas coisinhas,esqueça tudo isso e comece uma vida nova.
    Beijoos
    http://makesmodernos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. sempre vai ter alguém pra falar alguma coisa desnecessária, a vida é assim, cheia de gente idiota rs que bom que superou essa fase da sua vida. boa sorte ;*

    beijs,
    Amanda Cristina
    http://realidade-imperfeita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Nossa,nunca imaginava que você tinha passado por tudo isso :( O meu grande problema sempre foi que por mais que eu tivesse pessoas ao meu lado,eu sempre me senti sozinha demais,e foi quando eu criei um blog,porque todo mundo sempre me deixava pra baixo,e aqui eu percebi que minha opinião era ouvida,eu ouço muitos comentários idiotas a respeito do meu blog,muitos vêem como brincadeira,mais isso é apenas o fruto de uma mente ignorante,pessoas que não têm a mente aberta nunca irão para frente.
    vestindo-ideias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. ai que triste deve ser sofrer bullyng >_< eu tinha umas brigas na escola, mas nada muito serio, eu conseguia me defender por ser "bruta" como meu pai dizia xD
    Acho super chato pessoal falar que ser blogueira é brincadeira u.u ok nem todo mundo ganha fama ou recebe rios de dinheiro, mas é uma ocupação decente!

    http://himi-tsu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Nossa, que história de vida, ein? Eu sinto muito por todo o bullyng que você sofreu, sei como isso é horrível! :/
    Meus parabéns por ser a blogueira que é hoje!
    Beijocas!

    PiinkCookie.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Fiquei de cara com a sua história, já falaram coisas nas minhas costas tipo "espinhenta" e que eu me achava a gostosa. Nunca liguei, porque se falam mal de mim pelas costas é sinal que respeitam a minha presença. E se fizeram isso com você é porque não te conheciam, as pessoas tem essa mania de julgar sem ao menos conhecer. Tenho certeza que você é gente boa, e essas pessoas que fizeram isso com você não são nem metade do que você é hoje ;)

    ResponderExcluir
  18. Poxa Lola, não liga pra isso não! Essas pessoas estão por toda parte, sempre querendo nos ver mal para se sentirem superiores, mas a verdade é que elas nunca serão! Hoje em dia o bullying é um grande problema, isso ninguém pode negar, e eu espero sinceramente que as pessoas que cometem isso um dia sofram pra ver o quanto é ruim.

    Beijos,
    www.deliriosdegarota.com

    ResponderExcluir
  19. Lola minha flor,
    passei por coisas similares na minha época de escola.
    Eu sempre tive 'pequenezas' no meu comportamento que me faziam estar sempre sozinha, e as vezes acabava sendo vítima de brincadeiras mal gosto. Perdi a conta de quantas vezes cortei meu cabelo por causa de chicletes.
    Infelizmente, existem pessoas assim.
    Como você, me destaquei por notas exemplares e nunca levei essas coisas até os meus pais, na verdade, passei a lidar com elas como se fosse um desafio que eu precisava superar.
    No Ensino Médio meu isolamento preocupou todo mundo e fui 'forçada' a fazer acompanhamento psicológico, por que cheguei ao ponto de não querer mais me relacionar com as pessoas.
    No final, depois de tudo, entenderam que a deficiência não estava em mim.
    Mas eu escrevia desde muito cedo também, e isso me ajudava a aliviar as coisas.
    Posso dizer que só mudei, só deixei de ter prazer quando ficava realmente sozinha, quando decidi que seria assim.
    Hoje eu não vou dizer que sou cheia de amigos, mas os que tenho trazem luz aos meus dias, e são os melhores.
    Meu Blog se tornou também um lugar querido, seguro, aonde me expresso com liberdade e tenho conhecido pessoas muito queridas, como você.
    Obrigada por compartilhar sua história conosco, eu particularmente, sinto-me grata pela confiança.
    E, quem disse que tudo não faz parte de brincadeiras? Grandes verdade são ditas assim, e eu só lamento por que acha que, sua liberdade de expressão não passa de brincadeira - eles é que não tem capacidade de ver alem.

    Beijos
    lindo fim de semana!

    Jhosy
    http://meninamsicaeflor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Nossa, isso, com certeza, deve ter sido muito díficl para você! Mas, pelo menos, tudo está bem (ao meu ver). Por causa do bullying que você sofreu, você poderia ficar traumatizada e fazer bullying com outras pessoas para se sentir melhor, mas, graças à Deus, não fez, certo? Isso é pra gente ver que isso pode acontecer com qualquer pessoa, de qualquer idade :/ Graças à Deus, eu nunca sofri. Sou tímida, mas muita gente gosta de mim (:

    ~~Aperta o Start (Clica no perfil)~~

    ResponderExcluir
  21. Escola é sempre um momento turbulento e difícil, ninguém passa ileso, né? É um super choque, cheio de tramas e problemas. Mas sempre temos coisas boas e legais pra lembrar.

    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  22. Lovely post. The bun is beautiful :)

    ResponderExcluir
  23. Olá!
    Já passei por diversas coisas, amizades falsas principalmente.
    Mas nunca ninguém fez eu me sentir feia, isso era eu mesma que fazia.
    A um ano atrás mais ou menos, ou dois, eu me achava a garota mais feia do mundo, chorava todos os dias, principalmente antes de ir para escola. Muitos diziam que era besteira, que eu só queria que ficassem me elogiando, mas não... Eu realmente me achava horrivel e sofria muito com isso.
    Este ano eu consegui superar tudo isso e sou muito mais feliz.

    Beijos

    cocacolaecupcake.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  24. Cara, sei lá. Eu sempre fui tímida e chorona, mas nunca mexeram comigo, claro que imprevistos aconteciam, mas eu sou uma pessoa que pode falar: "Até hoje eu nunca sofri bullying e Deus nunca deixará que eu sofra".
    Enfim, também não entendi o que é brincar de ser blogueiro.
    http://fasesdegarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Oi, Lola! Que triste a sua história, é uma pena que ela tenha começado assim, mas o que importa é que acabou super bem. Eu nunca passei por isso exatamente, mas quando eu era pequenininha, algumas meninas me chamavam de "magrela" e "loira oxigenada", mereço? -.- Pois é, mas isso tudo é inveja, porque quem só mostra por fora, significa que não tem nada por dentro. Obrigada pela visita, muito sucesso e tudo de bom, amora <3 Eu curti sua fan page, ok? Beijos, Fernanda.

    www.meianoiteequinze.com
    @ferzucolotto

    ResponderExcluir
  26. Le sim, Tim Burton é vida *---* hahaha sobre o seu post, muitas pessoas não sabem respeitar a diferença, pois ninguém é igual, existe os mais tímidos, os falantes, os românticos, os meigos, engraçados, egocêntricos, e na maioria das vezes, aqueles que não respeitam o jeito do outro são os que realmente tem problemas e preferem chamar a atenção de outra forma, chamar atenção de outras pessoas para que ninguém repare quantos buracos existem em suas vidas e quão seu teto de vidro está quebrado, por isso, sei que é dificil, já passei por isso em relação a ter sido magra demais quando eu era mais nova =s mas tente não ligar para a opinião dos outros, faça o que faz vc feliz, independente do que os outros dizem! foi assim que comecei a viver ;) Bju!

    ResponderExcluir
  27. lovely blog! would you like to follow each other? let me know!

    ResponderExcluir
  28. Que guerreia tu és, me identifiquei muito pois também era super timída e sofria que com apelidos. Que bom que superamos e realmente um blog ajuda muito.

    ResponderExcluir
  29. great post! ;)
    kisses pretty
    http://blogcashmeremafia.blogspot.com

    ResponderExcluir